Leilão de carros retomados por banco: entenda como funciona

27/02/2023

App

Já ouviu falar sobre leilão de carros retomados por banco e ficou com dúvidas? E o que significa este tipo de leilão?

Para quem está em busca de uma boa oportunidade de comprar um usado, esse modelo de leilão pode ser bem interessante. Mas como ele funciona e como participar? Entenda nesse artigo como funciona essa modalidade.

Leilão de carros retomados por banco: do que se trata?

Sabemos que na hora de comprar um carro surge muitas dúvidas. Principalmente quando a forma de pagamento entra em questão, seja ela à vista, parcelada, consórcio, financiamento, etc.

Entretanto existe uma outra forma de fazer a compra de um veículo: A dos leilões!   

Em determinadas situações, ao pesquisar sobre carros, com certeza você já ouviu falar sobre essa modalidade. Porém, por preconceito ou por desconhecimento, a desconsiderou antes mesmo da compra.

Mas saiba que existem diversas vantagens de adquirir um automóvel por meio de leilões. O leilão de carros faz parte de um grande mercado, mas, por falta de conhecimento, é pouco explorado.

E justamente por falta de conhecimento é que muitas pessoas têm preconceito pela modalidade. Muitos, aliás, acreditam que só vão encontrar automóveis ruins ou para “sucata”.

Quais são os carros disponibilizados nos leilões?

Em geral, os carros disponíveis em leilões são aqueles em que os antigos proprietários deixaram de arcar com o financiamento. Seja pelo desejo de elevar o padrão de vida ou qualquer outro motivo, a falta de quitação é uma das principais causas de retomada.

Além disso, há também os casos de roubo ou furto. Isto é, carros de companhias de seguro que foram roubados ou furtados e são leiloados posteriormente.

Outra categoria é a de carros envolvidos em acidentes. São veículos sinistrados, que sofreram avarias ou mesmo perda total. Aqui, o antigo dono é indenizado, e o que sobrou do veículo vai para leilão.

Entretanto, nos leilões, geralmente você encontra carros novos e com até 50% de desconto e em alguns casos não exigem nem a entrada.

Isso mesmo, ao arrematar carros nos leilões além de não precisar dar entrada, você ainda pode financiar até 100% do valor com bancos e instituições financeiras. E um detalhe: faltam arrematadores e sobram veículos!

Obs. Confira a regra de cada leilão a fim de identificar esta disponibilidade.

Veículos retomados

Carros retomados por bancos e financiadoras são aqueles tomados pelas instituições financeiras como pagamento de dívidas.

Ou seja, quando alguém financia um crédito para a compra de um veículo, embora o comprador tenha a posse direta do bem, a propriedade do automóvel só será transferida quando a dívida assumida for integralmente paga.

Desse modo, quando você for realizar um financiamento de um veículo, saiba que até o pagamento de todas as parcelas do crédito o seu carro não será de sua propriedade, mas sim da instituição financeira.

Nesse sentido, quando algumas pessoas assumem dívidas que não podem pagar é possível que o seu bem seja retido para o abatimento dos valores devidos. Assim, resultam os carros recuperados de financiamento, sendo assim encaminhados para leilão de carros retomados por banco.

Leilão de carros retomados por banco: como participar

É bem simples participar de leilões de veículos já que muitos são feitos pela Internet. Isto é, em leilões on-line, a única coisa que você precisa fazer é o cadastro no site do leilão.

Mas fique atento, leia sempre o edital antes de tomar qualquer decisão, pois, cada edital tem a suas regras, e é preciso cumpri-las para participar de determinados eventos.

Outra maneira de participar de leilões é através de uma instituição financeira. Nelas estão disponíveis carros recuperados, devolvidos e aprendidos pelos bancos por falta de pagamento.

Para participar desta modalidade, é preciso que você sinalize à instituição financeira, como por exemplo a bancos que têm interesse em participar desses leilões.

Carro sinistrado e carro retomado

O carro sinistrado é aquele que já se envolveu em alguma espécie de ocorrência. Temos como exemplo um acidente, uma batida ou até mesmo um roubo.

Entretanto, o carro recuperado é aquele que foi confiscado para o pagamento de uma dívida com o banco.

Contudo, é possível que o carro recuperado tenha passado por um sinistro. Todavia, essa situação deverá constar nos dados do veículo leiloado que está sendo leiloado.

Agora que você já tirou suas dúvidas, já pode decidir se vai ou não entrar em um leilão para adquirir um novo veículo. Espero que através deste artigo as suas questões tenham ficado mais claras para que possa tomar essa decisão.

Quer saber mais sobre os leilões de veículos e ter sucesso neste segmento? Então conheça o Ebook: Leilão de Veículos: Tudo que você precisa saber para ter Sucesso!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

LATEST NEWS

Rastreador

12/01/2023|Serviços|

Rastreamento de frotas e veículos particulares. Veículos Carro, moto e caminhão. Região

Cadastre-se

Para comprar ou vender peças, e aproveitar os demais serviços que oferecemos, por favor, faça seu cadastro.

Assine nossa Newsletter

Fique por dentro das últimas novidades e conteúdos relevantes do setor automotivo!

Redes Sociais

2023-03-09T18:23:43-03:00
Ir ao Topo